Introdução

Mãe de 3 filhos (Rodrigo, Philippe e Fernanda), avó (quatro netas: Eduarda, Mirela, Luna e Laura), Supervisora Educacional, Profª aposentada de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira; Pedagoga e Pesquisadora, Graduada em Letras e Pedagogia e Pós-Graduada (Especialista em Língua Portuguesa e Iniciação Teológica); Mestre em Letras e Ciências Humanas. Trabalho muito, estudo bastante, adoro pesquisar, ler boas obras; folhear jornais e revistas, assistir telejornais; viajar, ir ao Shopping, utilizar a Internet. Crio algumas "quadrinhas", gosto de elaborar projetos que não sejam engavetados.

The Daily Puppy

Daily Calendar

Postagens populares

Total de visualizações de página

http://www.lokaliza.com.br

Notícias

Loading...

sexta-feira, 19 de março de 2010

Um livro esgotado, que procurei muito!

Merece registro, após busca em inúmeras livrarias, sites na Internet, Sebos... Enfim, uma obra importante para o avanço de minhas pesquisas! Registrado, em diferentes ângulos, leituras, reescrituras, análises, avaliações e a tudo que uma pesquisadora empenhada em fazer o melhor possível pela investigação compromissada e responsável com a Educação, com todo o profissionalismo, tem direito! Eis o livro!



Vamos fazer uma leitura atenta sobre a importância desse recurso indispensável ao trabalho do Professor e da Professora que observam as transformações pelas quais passam a educação e a formação de valores de nossas crianças, pré-adolescentes, adolescentes e jovens, num universo de informações cada vez mais acelerado, com modificações e acontecimentos que urgem ser pontuados e discutidos. Não há crescimento sem fortificarmos não apenas o corpo físico com alimentos e nutrientes para seu crescimento saudável, mas precisamos fortalecer ideias. Sem elas e o bom uso que com elas nos relacionamos com nossos semelhantes, nossas vivências estariam a mercê de "espertalhões" que nutrem-se de usurpar o outro. Alteridade não é isso! Precisamos construir um mundo mais fraterno e realmente justo.



A leitura nos oportuniza o contato com as diferentes ideologias. Revigorados com o senso crítico, o dom da palavra e a pureza de pensamentos bons, ideias claras, produtivas, dinamismo nas atitudes, acolhimento das diferenças que nos enriquecem na qualidade de pessoas humanas, podemos sim, construir um mundo efetivamente melhor. Chega de discursos vazios, elaborados para impressionar e práticas tão irrelevantes às necessidades e respeito humanos.



As expressões, "valor", determinação de valor, escala de valores, valoração passaram a ser bastante requisitadas na linguagem do cotidiano. Isto porque o homem moderno, devido ao acúmulo de experiências, descobertas e inovações, vê abrir-se um leque muito vasto de opções em todos os campos de sua atividade. Como se impõe uma escolha diante das múltiplas possibilidades, ele tem que ponderar o significado e a importância de cada uma.



Nâo é à toa que "pesar" e "pensar" têm a mesma origem etimológica: Pensar é pesar as atitudes e decisões. Ao pesá-las e pensá-las, determina-se sua importância, estabelecendo-se assim a escala de valores daquilo que se pretende escolher. A determinação dessa escala de valores é o que chamamos de avaliação.
Como fazemos avaliações na vida nossa de cada dia, somos sempre avaliadores leigos (não profissionais) dos fatos cotidianos. E do bom senso que presidir a construção desta escala de valores vai depender o êxito de nossas ações.



Viver é também saber ler livros e saber escolhê-los! Cada livro, bem lido, nos ajuda a interpretar, tomar decisões, construir o próprio conhecimento intelectual. Mas, o que seria "ler bem"? É saber refletir sobre o que se lê. Ler um trecho e pensar sobre o que foi lido. Extrair ensinamentos, elaborar conclusões. O que de útil aquela leitura apresenta. Que informações novas e enriquecedoras para a bagagem cultural se obtém. A leitura pode contribuir também para fazer opções mais eficazes. Uma leitura "pede" outras leituras que se intercomplementam.

Nenhum comentário: