Introdução

Mãe de 3 filhos (Rodrigo, Philippe e Fernanda), avó (quatro netas: Eduarda, Mirela, Luna e Laura), Supervisora Educacional, Profª aposentada de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira; Pedagoga e Pesquisadora, Graduada em Letras e Pedagogia e Pós-Graduada (Especialista em Língua Portuguesa e Iniciação Teológica); Mestre em Letras e Ciências Humanas. Trabalho muito, estudo bastante, adoro pesquisar, ler boas obras; folhear jornais e revistas, assistir telejornais; viajar, ir ao Shopping, utilizar a Internet. Crio algumas "quadrinhas", gosto de elaborar projetos que não sejam engavetados.

The Daily Puppy

Daily Calendar

Postagens populares

Total de visualizações de página

http://www.lokaliza.com.br

Notícias

Loading...

sábado, 11 de julho de 2009

Se eu fosse um livro, que livro eu seria?




Fiz um teste muito interessante, no qual deveria responder perguntas sobre épocas, atitudes do ser humano, ideias, comportamentos, humor... No final do teste, veio a informação de que eu não seria apenas um livro: eu poderia ser três obras bem diferenciadas entre si. Mas, fiquei satisfeita com essa análise do teste. Posso ser, realmente, cada um desses três livros, através dos quais há mesmo algumas pistas sobre mim!

Você é... "Carmen – Uma biografia", de Ruy Castro

Boa história é com você mesmo. Adora ouvir, contar, recontar. As de pessoas interessantes e revolucionárias são as suas preferidas. E confesse: com seu jeitinho manso e detalhista, você dá aos fatos um sabor todo especial. Além disso, não se contenta em reproduzir o que já foi dito. Por isso, se fosse um livro, você só poderia ser uma boa biografia, daquelas que faz os leitores deitarem na rede do fim de semana e se entregarem às peripécias de uma grande personagem. Aliás, você já pensou na profissão de repórter? Ou de escritor?
"Carmen – Uma Biografia" (2005), sobre Carmen Miranda, é uma das aclamadas biografias publicadas por Ruy Castro, também jornalista e tradutor, considerado um dos maiores biógrafos brasileiros.


"Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis.

Ok, você não é exatamente uma pessoa fácil e otimista, mas muita gente te adora. É possível, aliás, que você marque a história de sua família, de seu bairro... Quem sabe até de sua cidade? Afinal, você consegue ser inteligente e perspicaz, mas nem por isso virar as costas para a popularidade - um talento raro. Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo. Mas, nada que seu carisma natural e dinamismo não compensem.
"Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881) é considerado o divisor de águas entre os movimentos Romântico e Realista. Uma das expressões da genialidade de Machado de Assis (e de sua refinada ironia), há décadas tem sido leitura obrigatória na maior parte das escolas e costuma agradar aos alunos adolescentes. Já inspirou filme e peças de teatro. É, portanto, um caso de clássico capaz de conquistar leitores variados. Proezas de Machado.


"A paixão segundo GH", de Clarice Lispector.

Você é daqueles sujeitos profundos. Não que se acham profundos – profundos mesmo. Devido às maquinações constantes da sua cabecinha, ao longo do tempo você acumulou milhões de questionamentos. Hoje, em segundos, você é capaz de reconsiderar toda a sua existência. A visão de um objeto ou uma fala inocente de alguém, às vezes, desencadeiam viagens dilacerantes aos cantos mais obscuros de sua alma. Em geral, essa tendência introspectiva não faz de você uma pessoa fácil de se conviver. Aliás, você desperta até medo em algumas pessoas. Outras simplesmente não o conseguem entender.
Assim é também "A paixão segundo GH", obra-prima de Clarice Lispector, amada-idolatrada por leitores intelectuais e existencialistas, mas, sejamos sinceros, que assusta a maioria. Essa possível repulsa, porém, nunca anulará um milésimo de sua força literária. O mesmo vale para você: agrada a poucos, mas tem uma força única.




3 comentários:

Anônimo disse...

Passei por esse Blog e achei muito legal! Criativo! Show de bola!

Anônimo disse...

Muito legal! Fiquei curioso: onde você encontrou esse teste?

Anônimo disse...

Terezinha que entrou no meu blog de Vale de Gouvinhas.
É incrível! Eu sou Ilidia, nasci há 46 no Rio de Janeiro, em Copacabana. Sou licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Inglês/Alemão) e sou professora do ensino secundário há 23 anos.
Moro numa cidade linda do norte de Portugal (Póvoa de Varzim) e ía passar as minhas férias ao Rio e ao Nordeste todos os anos (antes dos meus pais adoecerem.)
Como o mundo é pequeno! Através de Vale de Gouvinhas, descobrimos que somos ambas cariocas e ligadas "às letras". Tenho família no Rio e muitos amigos também. Quero apresentá-la a um grande amigo, poeta conceituado, que é jurista na Suécia: Guillem de Rodrigues (veja na net)
O meu mail (meu Deus, estou a publicá-lo é: iliferreira@sapo.pt.
Bj grande
Ilidia