Introdução

Mãe de 3 filhos (Rodrigo, Philippe e Fernanda), avó (quatro netas: Eduarda, Mirela, Luna e Laura), Supervisora Educacional, Profª aposentada de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira; Pedagoga e Pesquisadora, Graduada em Letras e Pedagogia e Pós-Graduada (Especialista em Língua Portuguesa e Iniciação Teológica); Mestre em Letras e Ciências Humanas. Trabalho muito, estudo bastante, adoro pesquisar, ler boas obras; folhear jornais e revistas, assistir telejornais; viajar, ir ao Shopping, utilizar a Internet. Crio algumas "quadrinhas", gosto de elaborar projetos que não sejam engavetados.

The Daily Puppy

Daily Calendar

Postagens populares

Total de visualizações de página

http://www.lokaliza.com.br

Notícias

Loading...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Não haveria a história de minha vida...



Nem haveria a história de minha descendência
Se esta história de vida não existisse...
Abençoados sejam todos de minha ascendência
E todos de minha descendência
Que o Senhor nos abençoe e nos guarde!

Assim seja! Amém!

“Livro dos casamentos da freguesia de Guide, 1862

Mosteiró
Aos três dias do mês de Março, do ano de mil oitocentos e sessenta e dois, pelas onze horas da manhã, na capela de Mosteiró, anexa de Guide, Concelho e Distrito Eclesiástico de Mirandela, Diocese de Bragança, perante mim o Presbítero Luiz António Alves de Morais, Reitor da mesma freguesia, compareceram os nubentes, Francisco Joaquim e Brízida da Pureza, os quais conheço e dou fé serem os próprios, com certidões de prévia e livre denunciação por três dias festivos nesta freguesia e na de Vale de Gouvinhas, e com os mais papéis do estilo correntes sem impedimento algum canónico ou civil para o casamento dos mesmos nubentes, ele de idade de trinta e um anos, solteiro, batizado na freguesia de Vale de Gouvinhas, filho legítimo de Manuel José e Maria Costa, neto paterno de José António da Silva e de Francisca Pinheiro, da Ribeirinha, materno de António José da Costa e Maria Joaquina, da mesma freguesia de Vale de Gouvinhas, ela de vinte e seis anos, solteira, batizada na freguesia de Guide, filha legítima de Manuel da Costa, lavrador, e de sua mulher, Merenciana, neta paterna de Manuel da Costa e Maria Rodrigues, e materna de Francisco Alves e Maria Manuela, da Quinta de Mosteiro, aos quais interroguei solenemente, e havido o seu mútuo consentimento por palavras de presente se receberam por marido e mulher, e os uni em matrimónio, e seguidamente lhes lancei a Bênção Nupcial, procedendo em todo este acto conforme o rito da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana; sendo testemunhas presentes, que conheço
Lino dos Santos, jornaleiro, e João Alberto, lavrador de Mosteiró. E para assim constar lavrei em duplicado o presente assento, o que depois de ser lido e conferido perante os cônjuges e testemunhas, com todos assinei
Era ut-supra. A rogo dos Nubentes e como testemunha
Lino dos Santos – João Alberto
O Presbítero Luiz António Alves de Morais”

Nenhum comentário: